Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/migrar.faceres.com.br/public/wp-content/plugins/u-shortcodes/university-shortcodes.php on line 142 Mentoring - Faculdade Faceres

 (17) 3201-8200

  Seg à Sex 07:30h - 19h

  Sab 08h - 12h

Mentoring

MENTORING

 

Contextualização

 

Mentoring é uma estratégia/ferramenta de apoio e complementação na formação do aluno. Na atualidade, o termo é utilizado para designar programas institucionais em que um mentor (profissional mais velho e experiente) auxiliará um aluno, graduando ou recém-formado que estará “sob seus cuidados”, acompanhando sua formação, e auxiliando em aspectos que extrapolam o conteúdo acadêmico formal, incluindo a vida pessoal, experiências e expectativas em relação ao curso e profissão, dificuldades de adaptação, transição da adolescência para a vida adulta, etc.

Existem duas referências à origem deste papel e termo. A primeira remonta a antiguidade: Na Odisseia, Mentor é escolhido para orientar o jovem Telêmaco, filho de Ulisses, enquanto o pai e rei batalha na Guerra de Tróia. A segunda referência ocorre no surgimento das Universidades durante a Idade Média; o ingressante na Universidade ficava a cargo de um tutor, que desempenhava papel tanto na formação formal e acadêmica, quanto na moral, pessoal e ética.

Em relação a terminologia adotada, cabe destacar que não há tradução direta do termo mentoring do inglês para o português. Alguns programas utilizam o termo tutoria para designar o mesmo conceito, como se verifica na literatura. Contudo optamos por manter o termo original para não ocorrer confusão com o termo já estabelecido no PBL.

Existem diversas modalidades de execução dos programas de mentoring: individual ou em grupo, breve ou de longa duração, com foco em carreira e outras. A principal dificuldade relatada para a implantação de programas é a indisponibilidade de mentores dispostos, empáticos e com disponibilidade de tempo.

Nos relatos da literatura, especificamente em cursos de medicina, uma das dificuldades encontradas é o engajamento e frequência dos alunos em um projeto cujo resultado direto não é mensurável imediatamente. Contudo, percebe-se a importância posteriormente atribuída quando docentes informam que desejam participar de programas como mentores devido a participação durante a graduação e desejo de retribuição.

Na literatura há referência ao processo de mentoring como parte não apenas da formação discente, mas como elemento crucial da formação docente. Há descrição de que o contato prolongado com o aluno estimula a atualização, compreensão das modificações da instituição ao longo do tempo, modifica a relação (relação de poder X relação assimétrica não hierárquica), modifica a autopercepção do mentor em relação a suas posturas profissionais, pessoais e de projeto de vida.

 

Objetivo

É um projeto de acompanhamento longitudinal que integra docentes, alunos de diferentes semestres do curso e egressos. O objetivo é criar vínculos entre os participantes, discutindo projeto de carreira e projeto de vida.

 

Funcionamento

O projeto é subordinado ao Núcleo de Apoio Educacional e Psicológico (NAEP), e tem a equipe formada por:

FunçãoAtividades desempenhadas
Supervisor GeralAcompanhar e orientar as ações dos mentores, objetivando a integração das informações discutidas nas diversas reuniões, sintetizando, dessa maneira, os principais tópicos levantados pela comunidade estudantil; organizar atividades de formação, capacitação, atualização e orientação aos mentores.
MentoresPromover reuniões rotineiras com o grupo de alunos; mediar e encaminhar para o NAEP casos identificados como demanda de necessidade de suporte psicológico ou atendimento psiquiátrico.
SecretariaOrganizar agenda e atendimento de alunos pelos profissionais

Os mentores recebem semestralmente uma lista com atualização dos alunos participantes. Marcam reuniões rotineiras de uma hora de duração, preferencialmente a cada quinze dias. Desenvolvem a reunião com os alunos e egressos participantes. Mensalmente, os mentores participam de reuniões de supervisão. Essas reuniões são oportunidades para a troca de experiências entre os mentores e o orientação, capacitação e atualização dos mesmos pela supervisão do projeto.