Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/migrar.faceres.com.br/public/wp-content/plugins/u-shortcodes/university-shortcodes.php on line 142 Coordenação do curso de medicina da FACERES

 (17) 3201-8200

  Seg à Sex 07:30h - 19h

  Sab 08h - 12h

Casa Cursos Medicina

Gestão do Curso

Gestão do Curso

COORDENAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA

1. Formação

Desde o início das atividades o curso é Coordenado pela Profa. Dra. Patrícia Maluf Cury. Graduada em Medicina pela Universidade de São Paulo – USP (1989), Doutora em Medicina pela Universidade de São Paulo – USP (1997). Pós-Doutorado pela Royal Brompton Hospital, RBH, Grã-Bretanha, na grande área de Ciências da Saúde. Livre-docência pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – FMUSP, na grade área de Ciências da Saúde. Membro do Núcleo Docente Estruturante – NDE, além de docente do curso, é revisora dos periódicos – Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial; International Journal of Experimental Pathology, Thorax – Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular; Revista de Saúde Pública – Journal of Public Health e Journal of Experimental Pathology. Possui experiência na área de Medicina, com ênfase em Câncer, atuando principalmente nos seguintes temas: cuidados paliativos, educação médica, espiritualidade e saúde, tanatologia, câncer, anatomia patológica, autópsia, biologia molecular e Carcinogênese experimental.

2. Função e Atribuições

A função do Coordenação é de contemplar a visão sistêmica do processo, ou seja, o curso pelo qual este responde é gerido de maneira ampla e coerente, onde cada etapa e integrante do processo são peças fundamentais no funcionamento do todo. A Coordenação age como um agente de integração entre IES, Professores e Alunos, no sentido de dinamizar tais relações na busca de um ensino condizente ao PPC do curso, alinhado à necessidade do mercado em sua região e dentro das expectativas da IES e os parâmetros exigidos nos regulamentos.

Tal tarefa exige um conhecimento pleno e uma dedicação ao curso em todos os sentidos:

  • Em sala de aula, onde conhecerá os alunos que coordena;
  • Na sua relação com seus docentes subordinados, no sentido de liderar uma equipe coesa e comprometida que leve, a cada dia, à sala de aula ou fora dela, as políticas e diretrizes de maneira alinhada e padronizada;
  • Na sua relação com a IES, tornando o curso em questão referência em qualidade de ensino e representatividade junto ao mercado.

Nesse sentido, a Coordenação visa contemplar os quatro grandes pilares da gestão moderna: o planejamento, a organização, a direção e o controle, aprimoradas as peculiaridades do cargo em questão.

O Planejamento – engloba desde o simples planejamento semanal de atividades de laboratório até o macroplanejamento estratégico do curso em longo prazo, em que ações táticas são direcionadas visando fomentar um objetivo estratégico, que é “tornar o curso de Medicina referência nacional, formando profissionais capacitados, dinâmicos e responsáveis”.

A Organização – essa dimensão, fundamental para a gestão do curso, é operacionalizada diariamente em processos e ações do curso e seus envolvidos. A Coordenação do Curso executa, e com apoio da Coordenação de Área, prepara e oferta as atividades complementares, eventos e ações externas do curso, onde, alinhado ao PPC, busca trazer para os acadêmicos e ambiente de sala de aula a realidade mercadológica da profissão.

A Direção – a gestão do curso busca, desde o início, cria e mantem uma equipe coesa e comprometida. Os docentes que lecionam no curso, além de compartilhar o conhecimento vasto que possuem, comprometem-se e envolvem-se com projetos e produções que visem agregar conhecimento empírico e de mercado.

O Controle – o papel da Coordenação no controle do curso acontece diariamente, desde antes do início de cada semestre. As reuniões e intervenções, com professores e alunos, são realizadas de maneira sistêmica e controladas dentro do calendário acadêmico proposto.

As atribuições da Coordenação estão descritas no Regimento da Instituição no, conforme descrito abaixo:

“Seção III Das Coordenações de Cursos

Art. 31. A Coordenação de Curso, órgão de assessoramento e execução de políticas e objetivos educacionais da Faculdade é exercida por Coordenadores de Cursos, designados e nomeados pela Diretoria Geral.
§ 1º. O Coordenador de Curso deverá ter qualificação profissional na área do curso que coordena e pertencer ao quadro docente da Instituição.
§ 2º. O Coordenador de Curso, em seus impedimentos e em suas ausências legais, é substituído por um Coordenador de Área e/ou Programas, indicado pela próprio Coordenador.
Art. 32. Compete ao Coordenador de curso:
I. Assessorar a Diretoria Geral na formulação, programação e implementação de diretrizes e metas articuladas com as políticas e objetivos educacionais da Faculdade e do Curso;
II. Gerenciar o desenvolvimento do Projeto Pedagógico do Curso – PPC e propor sua revisão face as necessidades de mudança, compatibilização e aperfeiçoamento do Curso no âmbito interno da Instituição e no âmbito externo;
III. Supervisionar a elaboração e a implantação de programas e planos de ensino buscando assegurar articulação, consistência e atualização do ementário e da programação didático-pedagógico, objetivos, conteúdos, metodologia, avaliação e cronograma de trabalho;
IV. Gerenciar a execução da programação acadêmica do curso zelando pelo cumprimento das atividades propostas e dos programas e planos de ensino e respectivos;
V. Acompanhar o desempenho docente e discente mediante análise de registros acadêmicos, da frequência, do aproveitamento dos alunos e de resultados das avaliações e de outros aspectos relacionados à vida acadêmica;
VI. Promover estudos e atualização dos conteúdos programáticos e das práticas de atividades de ensino e de novos paradigmas de avaliação de aprendizagem;
VII. Elaborar e gerenciar a implantação de horários e a distribuição de disciplinas aos professores obedecidas a qualificação docente e as diretrizes gerais da Faculdade;
VIII. Coordenar a organização de eventos, semanas de estudos, ciclos de debates e outros, no âmbito do curso;
IX. Fazer cumprir as exigências necessárias para a integralização curricular, providenciando, ao final do curso, a verificação de Histórico Escolar dos concluintes, para fins de expedição dos diplomas;
X. Convocar e dirigir reuniões do respectivo colegiado responsável pela coordenação didática do Curso;
XI. Adotar “ad referendum” em caso de urgência e no âmbito de sua competência, providências indispensáveis ao funcionamento do curso, e;
XII. Cumprir e fazer cumprir as disposições deste Regimento e as deliberações dos órgãos colegiados”.

3. Experiência Profissional, de Magistério Superior e de Gestão Acadêmica da Coordenadora

A Coordenadora iniciou sua experiência profissional em 1993, no Serviço de Verificação de óbitos de Santo André. De 1994 a 1999 trabalhou no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de São Paulo. Em janeiro de 2000 iniciou o seu trabalho de magistério superior na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP), até 2016, onde de 2000 a 2004 como chefe de departamento de patologia e 2002 a 2007 atuou como chefe da disciplina de patologia e de 2012 até o momento atual atua como Coordenadora do curso de Medicina da FACERES, totalizando 17 anos de magistério e 12 de gestão acadêmica como (Chefe de Departamento, Chefe de Disciplina e Coordenadora de curso).

4. Regime de Trabalho do (a) Coordenador (a) do Curso

A Coordenadora do curso possui regime de trabalho integral.