Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/migrar.faceres.com.br/public/wp-content/plugins/u-shortcodes/university-shortcodes.php on line 142 Resumo dos Principais Troncos do Curso - Faculdade Faceres

 (17) 3201-8200

  Seg à Sex 07:30h - 19h

  Sab 08h - 12h

Casa Ensino – Apresentação

Resumo dos Principais Troncos do Curso

Resumo dos Principais Troncos do Curso

RESUMO DO CURSO COM OS EIXOS

 

O curso apresenta-se com uma estrutura curricular consistente e flexível, dividida em Eixos de formação, contendo disciplinas e atividades de caráter básico, profissionalizante e conteúdos complementares diversos.

 

Na FACERES, o curso é desenvolvido em 6 (seis) anos: 4 (quatro) anos na modalidade de metodologias ativas: PBL – Problem Based Learning (Aprendizagem Baseada em Problemas), TBL – Team Based Learning (Aprendizagem Baseada em Times), Problematização entre outras descritas adiante no PPC) e 2 (dois) anos na modalidade Internato Médico.

 

Assim sendo, o curso foi dividido em 8 (oito) Eixos: Tutoria; Morfofuncional; Habilidades Medicas e de Comunicação; Habilidades de Pesquisa; Habilidades em Diagnóstico, Terapêutica e Simulação; Programa de Integração Comunitária – PIC; Ética e Humanidades; e, Atividades Práticas e Internato.

 

Os Eixos se correlacionam entre si, no mesmo momento, sempre que possível. Os eixos de Tutoria e do Morfofuncional estão intimamente ligadas e são divididas em módulos temáticos de aproximadamente 6 (seis) semanas de duração. Já as outras disciplinas são semestrais.

 

Abaixo, seguem as características de cada eixo:

 

  1. Tutoria

É o eixo central do curso, em torno do qual as outras disciplinas seguem, sempre que possível, correlacionando seus conteúdos. Desenvolve-se em 8 (oito) semestres, cada um com 3 (três) módulos temáticos.

Os conteúdos curriculares são distribuídos pelos módulos temáticos acompanhando os seguintes princípios:

  • Formação geral do médico;
  • Ciclo vital;
  • Ecologia humana.

 

Entende-se que o médico geral deve estar apto a tratar o que é mais frequente na realidade epidemiológica do Estado e da região em que está inserido, segundo um perfil de complexidade traçado pelas disciplinas envolvidas no curso. A abordagem destes problemas deve ser feita de forma interdisciplinar de modo a garantir os conhecimentos científicos necessários, associados a uma visão humanista e ética da profissão e do paciente. Ainda, deve sempre abordar o ciclo vital, isto é, as várias idades humanas e suas características, e contemplar a relação do homem com seu meio ambiente, a sociedade humana, como cenário onde ocorrerão sua vida, suas doenças, suas curas e sua morte.

 

Dentro desta perspectiva, na metodologia PBL, os problemas constituem o artifício didático que fornece a linha condutora dos conteúdos curriculares, a motivação para os estudos e o momento da integração das disciplinas. Cada módulo temático contém aproximadamente de 4 (quatro) a 7 (sete) problemas. O último problema é sempre 1 (um) artigo científico em língua inglesa, para trabalhar as habilidades de interpretação de texto.

 

Os problemas são preparados pela comissão de elaboração de problemas. Esta é constituída por professores da tutoria , com participação de outros dasdisciplinas envolvidas e obedecem a uma sequência planejada, conduzindo os alunos ao estudo dos conteúdos curriculares.  Eles são discutidos e trabalhados nos grupos tutoriais, onde as habilidades de liderança e de síntese são praticadas pelos alunos em todas as sessões de tutoria, pelo coordenador e pelo relator (mais detalhes são discutidos no tópico de metodologias).

 

 

 

  1. Morfofuncional

O eixo é desenvolvido nos 7 (sete) primeiros semestres do curso, com 3 (três) módulos em cada semestre (definido no curso como Etapa). Ele está intimamente integrado com os problemas e os objetivos de compreensão desenvolvidos nas tutorias. É onde se estuda as matérias de formação básica como anatomia, histologia, fisiologia, bioquímica, biologia molecular e patologia.

 

  1. Habilidades Médicas e de Comunicação

Neste eixo são desenvolvidas as competências necessárias para realizar uma anamnese, exame físico, procedimentos médicos, assim como habilidades cirúrgicas. Questões relacionadas com o profissionalismo médico e a comunicação com os pacientes inclusive com a linguagem de sinais, são trabalhadas, da 1ª (primeira) a 8ª (oitava) Etapa do curso.

 

  1. Habilidades de Pesquisa

No Eixo Habilidades de Pesquisa são trabalhadas questões relacionadas ao desenvolvimento pesquisa de informações, ética e crítica científica, além do ensino da elaboração de projetos científicos (Etapas 1 e 2 do curso), noções de bioestatística (Etapa 4) e de planejamento do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC (Etapas 7 e 10).

 

  1. Habilidades em Diagnóstico, Terapêutica e Simulação

Neste eixo são desenvolvidas as habilidades de pensamento crítico em medicina, trabalhando em síndromes clínicas e cirúrgicas, baseado em sintomas. Também são desenvolvidas as competências em terapêuticas, não apenas na teoria, mas também com simulações de média e de alta fidelidade. Esse Eixo começa no 4º (quarto) semestre e se desenvolve até o 8º (oitavo), com suas várias disciplinas, integrando-se entre si e também com o Eixo da Tutoria.

 

  1. Programa de Integração Comunitária – PIC

Neste Eixo, são trabalhadas as políticas do Sistema Único de Saúde – SUS, com foco na Atenção Básica, nos 4 (quatro) primeiros semestres do curso. Neste processo, o aluno tem contato precoce com os pacientes e trabalha com promoção à saúde e planejamento de projetos de extensão à comunidade.

 

  1. Ética e Humanidades:

Neste Eixo, são desenvolvidas atividades voltadas especificamente para formação humanista e ética, com temáticas que abordam conhecimentos, vivências e reflexões sistematizadas acerca compreensão dos determinantes sociais, culturais, comportamentais, psicológicos, éticos e legais, nos níveis individual e coletivo, do processo saúde-doença, pautado nos princípios dos direitos humanos. Cada Etapa possui um enfoque diferente e integrado com outras disciplinas do semestre, reforçando o caráter ético e multidisciplinar para a formação humanística do futuro médico. O Eixo é desenvolvido da 1ª (primeira) à 8ª (oitava) Etapa do curso.

 

  1. Atividades Práticas e Internato

à As atividades práticas são realizadas em diversos campos de estágio, sempre com um preceptor, onde o foco é discutir principalmente as condições de saúde, os problemas e as patologias do paciente e de seu entorno, integrando-se também com outro Eixos no semestre, como Tutoria, Habilidades e Ética e Humanidades.

à O Internato ocorre nos 2 (dois) últimos anos do curso (do 9º ao 12º semestre), com uma carga horária total de 3.840 horas, onde o aluno rodizia por diferentes estágios nas grandes áreas da medicina (cirurgia, pediatria, clínica médica, ginecologia/obstetrícia, saúde mental, saúde coletiva, urgência e emergência), em grupos de 4 (quatro) a 6 (seis) alunos, acompanhados de um preceptor. Além desses estágios, no último ano, o aluno também desenvolve competências de gestão e treinamento em suporte de vida desenvolvidos e certificados pela American Heart Association (BLS, ACLS e PALS) e outros treinamentos como pré-hospitalar (APH), emergências ginecológicas e atendimento ao trauma.

 

De acordo com a estrutura curricular os eixos possuem uma integração, seguindo os exemplos:

Etapa4

Etapa 6

Etapa 7